© 2017 por IDES producao

  • Facebook

Ligue

+55 (41) 99207-1372

1.004.084

visitantes ate 21/11/2017

 

O DIRETOR

Manaoos Aristides começou sua carreira artística cursando artes
cênicas na universidade Federal do amazonas. Em 1977 fez o curso de criatividade da Universidade Búfalo EUA pela Rede Globo.Fez vários cursos de cinema e televisão com estagio na TV Cultura de São Paulo.
Cursou propaganda e Marketing em Florianópolis e no Rio de Janeiro.
Em Manaus, no Amazonas foi repórter do jornal do Comercio foi
professor da cadeira de historia na SEDUC e produziu e dirigiu vários programas na TV Cultura do Amazonas.
Cursou Artes cênicas entre os anos de 1970/74 no Teatro
Amazonas - Fundação Universidade do Amazonas em Manaus, neste
mesmo ano, inicia seu interesse por televisão cursando iluminação,
produção e direção para Cinema e TV. No SENAC de Florianópolis em 1976 fez o curso de publicidade. 
Em 1975 volta ao sul do país como repórter do "Jornal Vento Sul"
em Florianópolis onde pública vários contos. Neste mesmo ano xerce o cargo do Diretor de Criação da Agencia de publicidade "Promark".
 No Rio de Janeiro no ano seguinte, dirige o Show "E breve o
tempo das rosas" e o especial da TV do Rio "O homem de Um braço Só" onde participaram vários artistas da capital carioca em homenagem ao lendário "Natal da Portela".
Em São Paulo, foi diretor de produção do programa Moacyr TV na
TV Globo, coordenador de produção e diretor na mesma emissora no
inicio da década de 80. Diretor de criação e produção da TV Tarobá em 1984. Diretor artístico da TV Curitiba em 1988. Dirigiu o documentário oficial do festival de Parintins.

Foi agraciado duas vezes com a Medalha de Ouro do Premio
Colunistas (APA - Associação Paulista de Anunciantes) e no Festival Guarnice de São Luis do Maranhão, recebeu a medalha de ouro de melhor vídeo em 1990.​
​ Como produtor e diretor de TV, fez "Noite de Seresta", "Brasil
Musica e Poesia";,"Gente nova" e "Você participa" (TV educativa do
Amazonas - 1971), "Quem Pintou a Zebra","Girafa Total","Dois no
Esporte" (TV Baré no Amazonas 1973), “Musica para Você","Musica
Nossa", "Retrospectiva" em 1974 pela TV Educativa do Amazonas, em
1977 produz o programa "MOACYR TV" com Moacyr Franco pela rede
Globo de Televisão em São Paulo, na mesma emissora produziu vídeo
clip com vários artistas para o programa “Fantástico”. No ano seguinte assume o departamento de Produção Comercial da Tv Globo SP-2 (Campinas/SP).
Em 1985 dirige os Programas: Jornal IOB e o TV DIET e os
eventos Comemorativos da Rede Bandeirantes de Televisão de São Paulo/SP.
Em 1991 dirige o programa Rede TECSAT em São Paulo. Em
1996 dirige o primeiro documentário para a televisão sobre a BR-174 que liga Manaus ao Caribe para a Rede Bandeirantes, em 1977 dirige o documentário "Do Amazonas ao Pacifico".
Em 1997 e chamado para ser o diretor de programa do "festival de Parintins". Em 1999 como diretor e roteirista começa o projeto pioneiro de dramaturgia no interior do Paraná o serie/filme "A Saga- Da Terra Vermelha Brotou o Sangue".

Diretor